Esquema defensivo falha e Vasco perde para Chapecoense

Bom dia, caros vascaínos da página. No jogo de hoje, eu não tenho nem muito o que falar. Não pela derrota para o time da Chapecoense (que mereceu o resultado), mas sim, a preocupação de vencer os jogos fora de casa. 

Reconheço o trabalho do Miltão em encontrar a equipe ideal contra o jogo do adversário, e isso tem que ser louvado. Mas, infelizmente, algumas decisões antes do jogo, podem mudar a partida. Foi bem o que ele fez, de pôr o Nenê como atacante - porém, tivemos a clareza, de que, ele não está acostumado a tal posição, o que não nos rendeu um retorno positivo.

Por que proteger o Manga e deixá-lo Nenê assumir seu lugar? A proposta de não tomar gol, novamente caiu por terra hoje e o Vasco levou dois. Se tivesse posto o time para jogar pelo menos, no contra-ataque, deixando Nenê mais recuado e colocado Manga, o resultado poderia ser diferente. Isso contou muito na criação, que foi zero. 

Posso dizer que foi a pior atuação da equipe até agora, cujo, só passou o jogo inteiro na defesa, sem jogadas de contra-ataque ou lances que pudessem pelo menos, fazer o goleiro da Chape, uma defesa - na qual, nem trabalhou. A única coisa boa de hoje, foi o Martín Silva ter afastado aquela dúvida que muitos tinham após entregar o jogo para o Corinthians.

Eu acredito, que se o time tivesse feito uma escalação parecida com a do jogo contra o Sport, deixando um atacante no lugar do Luiz Fabiano, o resultado poderia ser diferente. Mesmo jogando de uma maneira nada criativa, o time chegou ao empate, mas foi infeliz no segundo tempo, ao levar um golaço de Artur - tão bonito, que a Fla-press ainda vai dar uns vinte replays ainda nesta madrugada antes de reprisar até o fim da rodada. O cara teve seu mérito, nem goleiro de videogame pegaria essa, eu acho!


Minha preocupação agora, é com as vitórias fora de casa. Como a Chape vinha num mal momento, era a hora de ter aproveitado para, pelo menos, ganhar 1 ponto. Entendo que se Luiz Fabiano estivesse jogando, poderia dar um novo ânimo a equipe, mas poderia afetar e muito, o seu desempenho no próximo jogo em São Januário. Mas não adianta chorar, devemos agora, pensar no próximo jogo - com a presença do Fabuloso, no sábado, em São Januário.

Só acho que foi um erro, colocar um time todo na defesa e sem nenhum atacante, colocando um homem de criação, para tal função. Mas ainda tem como se recuperar - aos poucos, o Vasco vai atingindo seu time ideal, mas somos obrigados a vencer a próxima em casa, para que o sinal de alerta não ligue novamente.

Boa semana a todos.

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.